19 janeiro 2006

Aos incrédulos


“Ah! Todos vós, os que tendes sede, vinde às águas; e vós, os que não tendes dinheiro, vinde, comprai e comei; sim, vinde e comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite.” Is 55.1


Definição do termo

Defino incredulidade aqui como a não aceitação das verdades bíblicas. É a não aceitação ao chamado de Deus à conversão. È a negação da existência de Deus , sua encarnação, morte e ressurreição.

A incredulidade sempre esteve presente na história do cristianismo e da humanidade. Na sociedade pós-moderna ela se manifesta nas suas formas teístas(panteísmo, henoteísmo, deísmo e outros “ismos”) e ateístas(materialistas, agnósticos, céticos e etc).

Explicação bíblica acerca da incredulidade

A incredulidade é pecado(Sl 10.4b). Mesmo tendo o conhecimento de Deus nas coisas que foram criadas os homens não o glorificaram como Deus(Rm 1.21a). Se perderam em seus vãos arrazoados e o seu coração insensato ficou nas trevas(Rm 1.21b).

Às vezes a incredulidade pode ser a manifestação da ira de Deus que os entrega à má inclinação de seu próprio coração(Rm 1.24,26,28). Dessa forma se cumpre as palavras do profeta Isaías(Is 6.9,10)

A estes não foi dado a conhecer o reino de Deus(Mt 13.11). Não nasceram de novo(Jo 3.3). Não receberam o sopro regenerador do Espírito Santo(Tt 3.5). Ainda não foram alcançados pela maravilhosa graça de Deus(Rm 3.24)

Convite aos incrédulos

Há quem se denomine incrédulo simplesmente porque considera a fé cristã como irracional. Considera a fé como um salto cego no escuro("A fé é cega"). Disso eu discordo seriamente. Embora a fé cristã não seja um sistema de equações lineares e totalmente explicado pela razão, ela é bastante razoável. O que quero dizer?Que existem razões suficientes pra se render ao amoroso Cordeiro de Deus. A fé é acreditar e se curvar diante de Deus. Com razões boas e adequadas para isso. Não é uma fé cega.

A esses é feito o convite: “arrependam-se e creiam”. A esses é dado o ultimato: “busquem o senhor enquanto se pode achá-lo”.

Dobrem seus joelhos diante do Cordeiro, a saber, Jesus Cristo. O Rei dos reis, Senhor dos senhores. O Alfa e o Ômega. O Principio e o Fim. Aquele que era, que é e que há de vir. A Ele seja a honra, a glória e o poder, pelos séculos dos séculos .

“Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida”Ap 22.17b

1 Comments:

At 12:49 AM, Blogger liz said...

esse é o meu post predileto até agora

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home