14 fevereiro 2006

O que penso sobre teologia

Algumas pessoas têm uma certa resistência ao estudo da teologia.
Elas têm uma certa dificuldade em ver uma aplicação prática na vida de um cristão do estudo da teologia, no seu aperfeiçoamento do entendimento das Escrituras. Como se a teologia fosse algo demasiadamente teórico e distante da prática cristã. Esquecem –se de que a “sua” teologia(a forma com vêem Deus e as
verdades sobre Ele) influencia sua adoração, evangelização e
outras práticas cristãs.

O que vou escrever aqui pode gerar controvérsias, mas vamos lá, vou tentar expor o que penso sobre teologia. Vale destacar que enxergo a teologia como um meio. Um meio de se ter um conhecimento correto sobre Deus e sobre as doutrinas das Escrituras e assim alcançar uma espiritualidade verdadeira, com motivações e fundamentos corretos.

Definição do termo

Defino teologia aqui não meramente no seu sentido etimológico, “estudo de Deus” ou “conhecimento de Deus”. Defino brevemente teologia como a reflexão interpretativa e sistematizada da Palavra de Deus(teologia bíblica e sistemática). O que diferencia de uma teologia natural ou meramente especulativa, racional.

A fonte para se fazer teologia deve ser as Escrituras. Toda e qualquer “teologia” está subordinada à Palavra de Deus, nunca tendo o caráter de infalibilidade igual ao das Escrituras.

A importância prática da teologia

A importância prática da teologia é muito bem explicada por J.I.Parcker, desfazendo o mito de que o estudo bíblico pessoal torna desnecessário o estudo da teologia.

“Da mesma forma que o fato de conhecer botânica faz com que se note melhor a flora e a fauna em um passeio ao campo, e o efeito de conhecer eletrônica nos faz enxergar além daquilo que estamos olhando, depois de desmontar o aparelho de TV, assim também o efeito de conhecer teologia faz entender melhor o significado e as implicações das passagens bíblicas.”

Mas se por outro lado temos uma teologia inconsistente,bíblica e historicamente, isso acarretará em uma espiritualidade doente e distanciada das verdades bíblicas. Um espiritualidade baseada unicamente em experiências pessoais e desvencilhada das verdades eternas, um misticismo e gnosticismo “cristãos”.

“Consequentemente não dar atenção à teologia não significa não ter idéias a respeito de Deus. Significa ter idéias erradas, más, confusas e superadas...Crer na religião popular é um retrocesso; é como pensar que a terra é redonda”
C.S.Lewis

A importância da prática da teologia

Um conhecimento teológico ou doutrinário correto não é suficiente por si mesmo. Tragicamente é possível não vivenciar a verdade de Deus em termos de obediência prática. Essa é a razão porque a doutrina(teologia) com freqüência é criticada.

“Se a doutrina[teologia] não levar a vidas santas, cheias de amor, amadurecidas, então algo está errado.”
Bruce Milne

Conclusão

Eu pessoalmente gosto muito de teologia. Mas confesso que a teologia muitas vezes tem sido um veneno para minha soberba, para o meu orgulho intelectual. O que deveria ser usado como um meio de se obter uma espiritualidade sadia, bíblica e verdadeira, pode se tornar um fim em si mesmo. E é aí que está o perigo. O meio se torna um fim. Ficamos enclausurados no meio de especulações racionais e inúteis, totalmente separadas do aspecto prático da vida cristã.

Não devemos ir nem para um extremo nem para o outro. Não podemos ignorar a importância da teologia e nem lhe dispensar uma importância maior do que realmente mereça.


“Cristo suportou a rendição e a humilhação perfeitas: perfeita, por ser Deus; rendição e humilhação por ser homem.”C.S.Lewis

3 Comments:

At 9:16 AM, Blogger Renato Luiz said...

Gosto quando o Lewis compara a teologia a um mapa de uma praia!
Nada se compara a minha experiência individual de caminhar na praia, mas se desejo entrar nela é bom que eu saiba onde estou pisando.
Daí a importancia da teologia. É como se fosse um ajuntamento de experiências alheias de Deus!
Ajuda a situar-me em meio a Sua imensidão!
Mas achei o máximo quando vc disse sobre a possível soberba do conhecedor de teologia. Também sinto isso como um grande perigo, mas se nos prendermos a palavra de Deus seremos constantemente lembrados da nossa situação franca e miserável!
Um grande abraço...
Seus escritos são de grande valia!
Deus te abençoe muito!

 
At 6:09 PM, Anonymous Paulo Sacramento said...

Parabéns Lelê. Excelente artigo, muito bem escrito e muito consistente.

 
At 1:51 PM, Anonymous Gustavo Bianch said...

Eis meu primeiro comentario.

Eu por muito tempo ouvi de muitas pessoas sobre a nocividade da teologia. Interessante que qndo eu tive contato com ela minha vida mudou. Isso aconteceu não pq a teologia é tudo, mas qndo estamos sensíveis ao Espirito Santo esse "meio" nos leva a um doce e desafiador fim: a voz de Deus.

Gostei muito do artigo. COntinue investindo na sua escrita, sempre dependendo da Graça de Deus. Abração brother.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home